Topo
pesquisar

Levante dos boxers

Séculos XVI ao XIX

Boxers.
Boxers.
PUBLICIDADE

O Levante dos Boxers aconteceu na China entre 1899 e 1890. Os boxers eram pessoas que se opunham ao domínio e influência estrangeira, acreditando que seria possível combater essas forças através do treino adequado do boxe chinês (Kung Fu), pois para eles essa prática era capaz de vencer os ocidentais que usavam armas de fogo.

Esse movimento foi justamente isso, o conflito entre boxers e estrangeiros. O movimento tinha suas raízes na pobreza rural e no desemprego, que era um problema atribuído aos estrangeiros. Os boxers então começaram a atacar as missões e estabelecimentos estrangeiros, missionários cristãos, até mesmo aqueles que possuíam bens.

O movimento ganhou o apoio da imperatriz chinesa Cixi e em 17 de Junho de 1900, os boxers tomaram conta da cidade de Pequim. Nessa época, no ponto mais alto da revolta, mais de 230 estrangeiros e milhares de chineses cristãos haviam morrido.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A resposta dos outros países foi dura e arrasadora. Foi organizado um exército internacional, uma tropa composta de 20 mil soldados russos, americanos, ingleses, franceses, japoneses e alemães. Ela foi enviada para ocupar a sede do império, e em 14 de agosto de 1900, ocuparam a capital.

O imperador e sua esposa Cixi conseguiram fugir desfarçados. A monarquia chinesa foi obrigada então, pelas forças internacionais, a assinar o Protocolo Boxer, na qual garantia a liquidação das sociedades secretas, o pagamento de uma indenização de guerra e a proibição de importar armas.

O fim da Guerra dos Boxers teve como consequência para a China, a penetração estrangeira em seu território, que até então não havia, e a diminuição considerável do poder e autoridade da monarquia, representada pela dinastia Qing.

Século XVI a XIX - Guerras - Brasil Escola

SÉCULO XVI AO XIX
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Guerras Brasil Escola