Topo
pesquisar

Batalha de Tora Bora

Século XXI

PUBLICIDADE

Após os atentados de 11 de setembro de 2001 terem sido assumidos pela rede terrorista Al-Qaeda, à época comandada pelo saudita Osama Bin Laden, o governo estadunidense passou a empreender uma verdadeira caçada aos membros da rede e, principalmente, ao seu líder. As informações que o serviço de inteligência americano possuía sobre a Al-Qaeda garantiam que os membros da rede refugiavam-se, em 2001, nas montanhas da região de Tora Bora, no Afeganistão. O primeiro alvo, portanto, da retaliação americana aos atentados de 11 de setembro foi essa região. A Batalha de Tora Bora deu início à chamada Guerra do Afeganistão, que se estendeu pelo ano de 2002.

Os combates em Tora Bora duraram de 12 a 17 de dezembro de 2001. A suspeita de que Osama Bin Laden estava escondido em meio às cavernas das montanhas de Tora Bora veio por meio de interceptações de rádio transmissor, haja vista que o serviço de inteligência e o exército americano monitoravam os guerrilheiros do Talibã, que davam suporte à Al-Qaeda no Afeganistão. Além disso, informações posteriores indicavam que Bin Laden havia se instalado em Tora Bora desde, pelo menos, 1996.

A principal equipe designada para a batalha em Tora Bora recebeu o codinome de “Jawbreaker”, tendo se infiltrado inicialmente na região de Jalalabad, no Afeganistão, e de lá partido para o combate. A infantaria armada tinha a missão de vasculhar e render os guerrilheiros talibãs e os membros da Al-Qaeda. Para tanto, contavam também com apoio logístico aéreo, além de um contingente de soldados e milicianos afegãos.

A cadeia de montanhas de Tora Bora foi amplamente bombardeada com mísseis teleguiados. Muitos terroristas foram capturados, outros tantos morreram nos bombardeios. Bin Laden conseguiu fugir para o Paquistão, onde foi capturado e morto dez anos depois, em 2011. Até o dia 17 de dezembro toda a região das cavernas de Tora Bora havia sido conquistada. Muitos armamentos pesados, como mísseis Stinger, usados durante a Guerra Fria, foram encontrados.

Os terroristas capturados foram conduzidos para a prisão de Guantánamo, na América Central, mantida pelos Estados Unidos com regime de detenção secreto.


Por Me. Cláudio Fernandes

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Guerras Brasil Escola