Topo
pesquisar

A Batalha de Stalingrado na Segunda Guerra Mundial

Século XX

PUBLICIDADE

A cidade de Stalingrado entrou para a história da Segunda Guerra Mundial. Stalingrado ficava na Rússia, hoje a cidade recebe o nome de Volgogrado, localizada às margens do rio Volga, perto da fronteira com o Cazaquistão. A cidade era um ponto estratégico para os planos da dominação nazista, pois comportava um grande polo industrial; além de suas empresas comuns, existiam ali fábricas bélicas. O interesse de Adolf Hitler nessa área específica baseava-se também na logística favorável da região, já que ali a Rússia detinha quase todo o petróleo caucasiano existente.

O Fuhrer Alemão, no verão de 1942, transferiu o mais poderoso maquinário bélico nazista para a região. Assim, a cidade de Stalingrado passou a ser o centro da guerra. A artilharia e aviação alemãs bombardeavam a cidade sem tréguas, mas os soviéticos aguentavam firmes e perseverantes. No mesmo ano começou uma grande contraofensiva do exército soviético, com a ajuda da Inglaterra, EUA e de um inverno rigoroso. Tomaram energicamente frente dos ataques de forma impetuosa e irreversível.

Assim, conquistaram os países antes controlados pelos nazistas, esse fato culminou com a rendição das tropas alemãs em fevereiro de 1943. Hitler foi derrotado e obrigado a se render pela primeira vez na guerra. A Batalha de Stalingrado estabeleceu o fim da supremacia nazista na Segunda Guerra Mundial.

A rendição do Exército Alemão
A rendição do Exército Alemão


Certamente a Batalha de Stalingrado foi um dos episódios mais sangrentos da guerra, o número de mortos é incalculável. Stalingrado mudou abruptamente os destinos da guerra e o princípio do fim da era hitleriana. A decadência do exército nazista e do Terceiro Reich era evidente.

Por Lilian Aguiar
Graduada em História

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Guerras Brasil Escola